Gestor como diferencial competitivo

Olá, amigos leitores,

Neste artigo optei por abordar um tema que é muito falado no ambiente corporativo, está em conversas constantes que tenho com empresários dos mais variados segmentos e, quando observo as empresas que lideram seus mercados de atuação, encontro este diferencial tão claro e evidente sendo ao mesmo tempo deixado em segundo plano para as que se encontram um pouco abaixo da almejada liderança.

Estou falando do gestor de seu negócio, sendo esta a figura do diretor, gerente, do coordenador, supervisor, entre outros nomes que utilizamos para funções de liderança. Quando falamos de um mercado cada vez mais restrito e competitivo, redução do poder de compra de seu público – alvo e maior exigência em análises de crédito -, precisamos estar atentos aos indicadores e controlar os mesmos com extrema maestria. Como tenho falado em palestras e treinamentos in company, além de obviamente em meus clientes de consultoria, não podemos em hipótese alguma perder negócios ou parcerias por falta de preparação adequada e controle das variáveis de mercado.

Isso passa diretamente por uma eficiente gestão de indicadores de seu negócio.

“Ok, Daniel. E por que o tema foi relacionado ao gestor de minha operação?”

Esta pergunta pode parecer simples (pois parece óbvia a relação), porém, ouvi há poucos dias de um cliente potencial.

Vou comentar um pouco sobre o que tenho visto nas organizações em geral: gestores cada vez mais atuando como fiscais, observando o trabalho de sua equipe de maneira global, verificando apenas pessoas em suas funções operacionais e, quando muito, resolvendo problemas pontuais. Reforço que obviamente isto se faz necessário, porém precisamos (e claramente sentimos falta) do profissional e da empresa que busca acompanhar seu negócio, observar no detalhe as variáveis da sua operação e ter capacidade de geri-las com maestria.

Em minha opinião, esta atribuição está diretamente relacionada a um gestor competente para a função à qual foi designado, com visão holística, que tem a percepção necessária para gerir processos e pessoas, compreendendo amplamente como transformar os dados de seu negócio e as habilidades de seus liderados em resultados práticos, efetivos e com rentabilidade.

Um gestor que se diferencia no mercado normalmente atenta para os conhecimentos básicos que ele e sua equipe precisam possuir, como conhecimento de mercado, de seus concorrentes, do perfil de seu cliente, do cenário econômico atual (no sentido de criar soluções e não apenas para falar a famosa frase: “Está difícil, o mercado está em baixa”), conhecer muito bem seu produto ou serviço e a partir desta visão “do todo” trabalhar para gerar soluções e buscar o limite da produtividade de sua empresa.

Quando temos um gestor que não está na empresa apenas para “fiscalizar” e cobrar (nem sabe ao menos o que cobrar, pois não tem a percepção do potencial de seu negócio), observamos empresas mais ágeis, sempre se antecipando, buscando alternativas como treinamentos, novos produtos, novos canais de vendas, inovação tecnológica, entre outros tantos caminhos e oportunidades.

O resultado disso são organizações que, mesmo convivendo com a tão falada crise, crescem exponencialmente e criam oportunidades. Hoje tenho o privilégio de acompanhar duas operações que, neste cenário, batem recordes históricos de vendas através da atuação inteligente de seus gestores, sendo estes recrutados com máxima responsabilidade e de maneira extremamente assertiva.

Quero convidar você, empresário, a acompanhar o trabalho de seu gestor em suas atribuições e aproveitar para lembrá-lo que você mesmo pode ampliar sua atuação perante o seu negócio. Antecipar-se ao seu concorrente, inovar, criar alternativas práticas e tangíveis faz parte de nossas atribuições. Experimente, ao invés de olhar apenas para a mídia, atentar para pequenos indicadores de seu mercado e negócio.

Você, colaborador, que tem a função de liderança, assuma seu papel como diferencial competitivo dentro de seu universo empresarial, transformando a experiência de seu cliente, de sua equipe de trabalho e atraindo grandes resultados.

Um abraço e até breve!

Daniel Tonzar